×

Não tem cadastro?

É Fácil e Prático

Dados de Acesso

Tem cadastro? Entre!

O nome é obrigatório!
Sobrenome obrigatorio!
Nome não é válido!
Sobrenome não é válido!
E-mail inválido!
E-mail é obrigatório!
Este e-mail já possui cadastro conosco! faça seu login!
Senha é obrigatória
Coloque uma senha válida
6 ou mais caracteres!
16 ou menos caracteres!
As senhas não são iguais!
Aceite as condições!
Email ou senha estão errados!

Blog

Direção Descendente

10 Produto(s)

  • 23.10.2019

    Tags:

    Posted By www.vipfolheados.com.br

    Hoje é dia de São Bento

    Nesta segunda (11), a Igreja Católica faz memória ao abade São Bento, padroeiro da Europa.

    São Bento viveu entre os anos de 484 e 547. Foi enviado ainda jovem para Roma a fim de estudar retórica e filosofia. Insatisfeito, retirou-se para viver uma vida ascética nas montanhas fora da cidade.

    Tornou-se eremita numa gruta perto de Subiaco e durante os 30 anos seguintes, a sua santidade atraiu muitos discípulos, com quem organizou 12 pequenas comunidades monásticas.

    Como era muito invejado, sofreu um atentado à vida: foi lhe oferecida uma bebida envenenada, mas que ele tornou inofensiva ao abençoá-la.

    Pelo ano 530, foi a Monte Cassino, onde fundou o célebre mosteiro e escreveu sua famosa Regra monástica.  É considerado o pai da vida monástica ocidental.

    Nas pegadas de São Bento surgiram, principalmente na Europa, centros de oração, de cultura, de promoção humana, de hospitalidade para os pobres e peregrinos.

    Duzentos anos após sua morte a Regra beneditina havia se espalhado pela Europa inteira, tornando-se a forma de vida monástica durante toda a Idade Média. Orar e trabalhar, contemplar e agir, é a síntese da Regra de São Bento.

    Em 1964, o papa Paulo VI declarou-o Padroeiro da Europa.

    No Brasil há diversas instituições que o tem como patrono. A mais conhecida delas é o Mosteiro de São Bento, localizado na região central da cidade de São Paulo.

    Na oração do Angelus desse domingo, o Papa Bento XVI recordou o abade.

    “À luz do Evangelho deste domingo, olhamos para ele como mestre da escuta da Palavra de Deus, escuta profunda e perseverante,” disse o pontífice.

     

    CONHEÇA NOSSOS INÚMEROS PRODUTOS DO SANTO SÃO BENTO!

  • 23.10.2019

    Tags:

    Posted By www.vipfolheados.com.br

    Lançamentos da Semana

    1. ANEL FUNDIDO COM LAÇO DE BORDA LISA E CENTRO COM ZIRCÔNIA - 03-1597
    2. ANEL FUNDIDO COM 13 BOLAS - 03-1575
    3. ANEL FUNDIDO COM CORAÇÃO VAZADO DE ZIRCÔNIA - 03-1576
    4. ANEL FUNDIDO 2 PARTE ENLAÇADA, 1 LISA E 1 COM ZIRCÔNIA - 03-1599
    5. PINGENTE MEDALHA COM INFINITO E RESINA 25MM - 01-4508-2
    6. PINGENTE CÂMERA FOTOGRÁFICA DUPLA 16MM COM RÓDIO - 01-4543
    7. ANEL FUNDIDO CARINHA FELIZ COM ZIRCÔNIA - 03-1598
    8. ANEL FUNDIDO ABERTO, ARO TRANÇADO COM LAÇO DE ZIRCÔNIA - 03-1596-1
    9. ANEL FUNDIDO CHUVEIRINHO COM METADE DO ARO COM ZIRCÔNIA - 03-1591
    10. BRINCO ESTRELA BORDA COM PEDRA - 02-B030-6
    11. PINGENTE MEDALHA 40MM COM ORAÇÃO PAI NOSSO (PORTUGUÊS) - 01-4593
    12. PINGENTE MEDALHA 25MM COM OS 10 MANDAMENTOS - 01-4678
    13. BRINCO FLOR COM PÉTALAS FRISADAS 12MM COM RÓDIO - 02-B196
    14. PINGENTE OVAL N. S. APARECIDA COM FAIXA VAZADA 24X30MM COM RÓDIO - 01-4537
    15. ANEL FUNDIDO COM REDONDO VAZADO COM FLOR DE ZIRCÔNIA - 03-1590
    16. ANEL FUNDIDO ABERTO COM URSINHO DE ZIRCÔNIA - 03-1587
    17. ALIANÇA FUNDIDA DUPLA, 1 LISA E UMA COM 6 ZIRCÔNIAS - 03-1574
    18. ALIANÇA FUNDIDA METADE COM ZIRCÔNIA - 03-1586
    19. ANEL FUNDIDO METADE COM ZIRCÔNIA MEIO COM PEDRA CRAVADA - 03-1585
    20. ANEL FUNDIDO COM FILETE COM 7 ZIRCÔNIA - 03-1582
    21. ANEL FUNDIDO EM  "V"  COM 3 FILEIRAS DE ZIRCÔNIA - 03-1580
    22. ANEL FUNDIDO ABERTO, ARO TORCIDO COM LAÇO COM BOLINHAS E ZIRCÔNIA - 03-1568-1
    23. ANEL FUNDIDO ABERTO, ARO TORCIDO COM GOTA DE ZIRCÔNIA - 03-1565-1
    24. BRINCO 2 GOTAS PEDRA COM PALITO E GOTA ACRÍLICA - 02-A980-2
  • 23.10.2019

    Tags:

    Posted By www.vipfolheados.com.br

    As minas de diamantes da África do Sul produzem a maioria dos diamantes. O Congo Belga (atual República do Congo, na África Central) tem a maior quantidade de diamantes industriais. Em 1957, 13 milhões de quilates foram extraídos, porém 95% deles eram da qualidade industrial, mais barata, que é moída até virar pó para fins de polimento. A África como um todo produz 97% de toda a produção mundial de diamantes. A produção mundial supera os 23 milhões de quilates por ano. Tanganica, Gana, África Ocidental Francesa e outras partes do Continente Negro também produzem boa quantidade de diamantes, mas todos são vendidos através da empresa De Beer.

     

    Um dos primeiros países onde os diamantes foram descobertos foi a Índia. Ali os diamantes eram conhecidos há mais de 2000 anos. Segundo a lenda, o famoso “Koh-I-Noor” (“montanhas de luz”), que hoje faz parte dos tesouros da Coroa Britânica, foi descoberto na Índia.

     

    Houve certa vez um diamante com uma lenda ligada a ele, chamado “o grande Mogul”, e pesava 787 quilates. Há cerca de 300 anos, desapareceu, e foi cortado em pedras menores. Uma dessas partes, pesando 280 quilates foi utilizado para a coroa de um marajá indiano.

     

    Dentre os tesouros russos, há um diamante das jóias da coroa dos antigos czares. É chamado “Orloff”, e pesa 220 quilates. Um soldado francês o roubou de um templo hindu, do olho de uma estátua que ali havia. Isso ocorreu em 1700. A pedra mudou de mão muitas vezes, sempre com derramamento de sangue envolvido, até que chegou a Amsterdã em 1774. Ali, um príncipe russo, Orloff, comprou-a (por cerca de meio milhão de dólares) e deu-a de presente à rainha Catarina II. Alguns acreditam que também fazia parte do “Grande Mogul” extraviado.

     

    Um dos diamantes mais famosos é o “Hope”, uma pedra enorme, azul, rara. Está envolvido nas mortes trágicas de doze pessoas; também causou tragédias em duas famílias reais. É parte de uma pedra maior, que pertenceu ao rei francês, Luiz XIV. Foi roubado na época da Revolução Francesa. Posteriormente, apareceu na Inglaterra (44 quilates) onde um banqueiro, Henry Thomas Hope, comprou-a em 1800. Mais tarde, um sultão turco, Abdul Al Hamid, comprou-a, e a deu para sua esposa favorita usá-la ao redor do pescoço. Aparentemente o diamante também trazia má sorte, pois ele perdeu o trono. A pedra agora pertence a um mercador de diamantes em Nova York.

     

    O maior diamante do mundo foi encontrado na Mina Premier em Transvaal, na África do Sul. Esta nova mina de diamantes foi descoberta em 1902 por um tal Thomas Cullinan. Três anos depois, o capataz, Frederick Wells, percebeu um raio de luz na lama de uma mina aberta; com seu canivete, ele desenterrou o maior diamante do mundo – 3106 quilates, ou meio quilo de peso.

    O Governo de Transvaal presenteou o “gigante” ao Rei Edward VII da Inglaterra. A pedra foi chamada de “Cullinan”. O rei escolheu o famoso lapidador, J. Osher de Amsterdã, para cortar a pedra. Este especialista estudou a pedra durante meses. Uma batida no lugar errado poderia partir a o diamante em pedaços.

     

    As responsabilidade e a tensão eram indescritíveis. Algumas vezes ele desmaiou durante o trabalho. Finalmente, partiu com sucesso em nove diamantes grandes, e 100 jóias menores. A pedra maior pesava 530 quilates e foi engastada no Cetro real. A pedra leva o nome de “Primeira Estrela da África”.

     

    A “Segunda Estrela da África” do diamante Cullinan pesa cerca de 130 quilates, e enfeita a Coroa Real Britânica, que é usada na Coroação.

     

    Cortar e polir um diamante bruto de tamanho grande pode levar um ano. O especialista precisa de extrema paciência, arte, e nervos de aço. Cada diamante tem suas próprias peculiaridades. O lapidador estuda os “músculos” internos, ou gramatura da pedra, faz diversas linhas demarcatórias ao redor do diamante, de modo a obter a pedra maior e o menor número possível de pedras pequenas; quanto maior a pedra, mais alto é o preço.

    Fonte: chabad.org.br

  • 23.10.2019

    Tags:

    Posted By www.vipfolheados.com.br

    NEWS-CUCIFIXOS

  • 23.10.2019

    Tags:

    Posted By www.vipfolheados.com.br

    LANÇAMENTOS DA SEMANA - GARGANTILHAS E CONJUNTOS.

     
     
     
           
       PARA VER MAIS MODELOS EM ZIRCÔNIA CLIQUE AQUI!  
       WWW.VIPFOLHEADOS.COM.BR    
  • Independentemente do material que são feitas, sabemos que bijuterias são objetos delicados e frágeis, e portanto exigem certos cuidados para durarem por mais tempo. Pensando nisso, a LocalBox traz para você várias dicas de conservação para que os seus acessórios nunca percam o brilho e continuem enriquecendo o seu visual.

    Dicas de conservação para bijuterias

    Dividiremos essas dicas em três categorias: recomendações gerais, como guardar e como limpar. Vamos a elas:

    Recomendações gerais

    - Nunca entre com as suas bijuterias no banho, na piscina ou no mar: a temperatura, a umidade e a acidez podem prejudicar as cores e o brilho.
    - Por conta dos mesmo motivos, quando for a praia, evite usá-las: a areia e a maresia são muito prejudiciais.
    - Tome cuidado para não expor suas bijuterias a produtos de limpeza ou produtos químicos em geral: eles podem ser abrasivos e acabar estragando-as.
    - Lembre-se que produtos de cabelo também são químicos, e são duradouros: caso você utilize algum, evite usar acessórios no cabelo nos primeiros dias da aplicação ou use apenas em ocasiões especiais como casamentos, festas, etc.
    - Antes de passar perfumes ou hidratantes, retire suas bijuterias: aguarde também a absorção da pele antes de colocá-las novamente.

    Como guardar

    - Guarde as suas bijuterias em um ambiente ou recipiente livre do excesso de calor e umidade.
    - Você pode colocá-las em uma caixa forrada com um tecido macio, por exemplo, para evitar esse tipo de problema.
    - Para evitar que as peças escureçam ou fiquem com a aparência embaçada, você pode colocar um giz branco para absorver ainda mais a umidade dentro da caixa.
    - Se for guardá-las todas juntas dentro de uma mesma caixa, você pode embalá-las em saquinhos plásticos ou mesmo pedaços de tecido para evitar o atrito entre elas.

    Como limpar

    - Lave suas bijuterias com sabão neutro e em água corrente.
    - Para secá-las, utilize um papel absorvente.
    - Você pode utilizar também uma flanela seca para polí-las, mas sem esfregar com muita força.
    - E nunca, mas nunca mesmo, deixe suas bijuterias de molho.

    Siga essas dicas e mantenha as suas bijuterias sempre lindas!

  • 24.10.2019

    Tags:

    Posted By Administrador Admin

    O anel de falange  já é o acessório escolhido das mais modernas, você pode optar por modelos fininhos e lisos com cara de aliança, ou pelos mais extravagantes com pedras e em formato de caveira, coração, estrela, etc…

    O legal é misturar com outros anéis e acessórios, inclusive com pulseiras. Mas não use o anel de falange muito justo, ele pode dar a impressão de que o seu dedo é gordinho, por isso cuidado!

    conheça nossos modelos:

     

  • 23.10.2019

    Tags:

    Posted By www.vipfolheados.com.br

    Ícone fashion dos anos 80, as argolas tornaram-se clássicos absolutos no universo dos acessórios; uma espécie de coringa que toda mulher precisa ter no porta-joias. Desde os modelos menorzinhos, daqules que a gente deixa na orelha até na hora de dormir, até os argolões mais vistosos, sempre há espaço para elas!

    Melhor ainda quando o modelo foge do formato tradicional e ganha novas leituras, com um quê extra de personalidade. É o caso das argolas da vipfolheados, feitas de folheado á ouro amarelo,  Diferenciadas, elas emolduram o rosto feminino com muito estilo e um movimento único.

    veja estes 2 modelos da vipfolheados:

     

     

    Não por acaso, são sucesso de público e de crítica e frequantemente escolhidas para editoriais de moda no Brasil e no mundo. Neste mês de março, a revista americana Conde Nast Traveller traz uma linda matéria,  Para complementar a produção elegante, cabelos presos e as infalíveis argolas:

    Já a revista brasileira de Ronnie Von traz, como estrela de capa, a atriz Juliana Silveira mostrando quatro produções modernas – assinadas por Chris Boller – com o clássico tubinho branco. Nada mais apropriado para acompanhá-lo do que as belas argolas.

  • 23.10.2019

    Tags:

    Posted in Moda Curiosidades By www.vipfolheados.com.br

    O ser humano sempre sentiu necessidade de se adornar, de se enjoiar. Desde a antiguidade,  antes mesmo de poder criar peças metálicas e com ligas de ouro mais luxuosas, homens e mulheres já utilizavam acessórios para demonstrar poder, status e, principalmente, se embelezar. Madeira, conchas e ossos de animais sempre fizeram parte do “look”, na pré-história.

    Egípcios e gregos foram os primeiros a arrasar, com belíssimos brincos, colares e pulseiras com MUITO ouro. Tudo para ficarem mais parecidos com seus deuses, que também eram vistos cobertos de joias. A joalheria começou a trabalhar muitos metais com os celtas e romanos, que já possuíam estilo e, claro, glamour de sobra.

    Após a idade média, que tinha um estilo mais robusto de joias, com pesados colares, brincos e as tão cultuadas coroas, o renascimento trouxe ao mundo toda a delicadeza da arte de criar peças. Então, as joias passaram a seguir as tendências da arte e se tornaram parte dela, claro.

    Com toda a riqueza de Hollywood, o pós-segunda-guerra foi o auge das joias: todo o estilo e beleza das telas do cinema vinham para as mulheres de todo o mundo, com peças icônicas como colares e anéis maravilhosos, com pedras preciosas e os tais dos brilhosos diamantes.

    Hoje, as joias espalharam-se pelo mundo inteiro e conseguem se adaptar a todos os estilos, para homens e mulheres bem diferentes. E, se cada um gosta de determinadas peças, todos concordam com uma verdade verdadeiríssima: joias são O luxo!

Direção Descendente

10 Produto(s)

Close